quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Tenho Saudades



"Tenho saudades de ti. Saudades dos nossos momentos. Saudades dos nossos momentos bons e dos maus também.
Tenho saudades das nossas conversas sem pé nem cabeça, saudades até das nossas discussões.
Tenho saudades da nossa vida nada parecida, do teu sorriso quando falavas algo engraçado, da tua cara de ódio, quando mesmo sem querer eu te irritava.
Tenho saudades do nosso amor intenso, único e todo errado, das nossas manhãs, tardes, noites e madrugadas. Saudades do teu ciúme com fundamento e dos sem fundamento também. Saudades dos teus medos e da maneira que eu cuidava deles. Saudades da maneira como tu te preocupavas comigo, saudades da tua fraqueza, que me dava força para ser forte. Saudades do nosso primeiro beijo e do último também.
Tenho saudades do teu amor intenso, da maneira que tu dizias "eu amo-te" deixando um brilho nos meus olhos. Saudades das tuas mãos nas minhas, a minha boca na tua. Saudades dos meus braços à procura dos teus e dos teus braços procurando os meus.
Tenho saudades dos planos que fizemos, e dos sonhos impossíveis. Saudades de tudo que se realizou e de tudo que não se realizou. Saudades das nossas palavras doces, das palavras duras, e da nossa vontade de ser um do outro. Saudades da nossa música que até hoje toca para me fazer sentir mais saudades.
Tenho saudades de ti ao meu lado, saudades da tua presença em mim mesma, na tua ausência. Tenho saudades de ti fazendo-me chorar e eu fazendo-te sofrer. Saudades de tudo o que vivemos e do que não conseguimos viver.
Tenho saudades da tua maneira de não saber me amar que me fazia sentir a mulher mais amada do mundo. Saudades da nossa dependência um do outro, da nossa forma de esquecer o mundo quando estávamos juntos. Da nossa maneira simples de ver a vida. Vida que não tem sido nada simples.
Tenho saudades de ser tua, só tua. De te pertencer inteiramente, fazendo parte da tua vida, saber o que estavas a fazer e com quem estavas a fazer. Saudades da nossa história, a mais estranha que alguém já escreveu. Saudades do que contamos um para o outro, dos segredos que temos, que escondemos.
Tenho saudades do nosso "tempo", saudades do nosso namoro escondido, onde só éramos eu e tu. Saudades do nosso amor, nossas juras, nossas promessas, nossos encontros e dos nossos desencontros.
Tenho saudades de dizer "amo-te".
Tenho saudades de ouvir "amo-te".
Tenho saudades de estar contigo, simplesmente por estar. Saudades da tua amizade, da tua força e da tua confiança em mim, em nós. Saudades da tua voz, do teu carinho, da tua paixão, do teu desejo, das tuas loucuras, da tua inteligência, do teu talento. Saudades de ti quando estavas comigo. Saudades de mim quando estava contigo. Saudades da cama que não dividimos. Saudades do futuro que não vivemos. Saudades de ti."
Este vai ser o mail que te vou enviar agora mesmo, porque não vejo a hora de conseguir "matar" estas saudades.
Soube bem receber aquela sms, assim vai ser mais fácil deixar passar os dias que faltam.
Amo-te Paixão!!

4 comentários:

Afrodite e Eu disse...

Que bonito...

E como dizia o poeta...

"(...)Saudade até que é bom, é melhor que caminhar vazio(...)"

Carinhos
Afrodite e Eu

LadyM disse...

Oi querida, fazia tempo que eu nao passava por aqui, saudades de ver vc e de ler suas letras lindas, cheias de sentimento. Estive em férias...Por isso sumi...Beijos e lindo dia!

wcastanheira disse...

Adorei sua mágica página, profunda, instigante, levou-me a pensar e... pensar é mto bom, adoraria ter sua companhia, siga-me será uma delicia ser seguido tb por vc, espero-a

Princesa_Da_Noite disse...

Obrigada Wcastanheira pela tua visita. Volta sempre e claro que te seguirei com muito gosto.
Bjs.
Princesa Da Noite